• R$ 29,90

Descrição da editora

Os ensaios aqui reunidos oferecem um panorama dos múltiplos interesses e vivências do nigeriano Chinua Achebe, um dos maiores escritores africanos da atualidade cujo humanismo incondicional aponta caminhos para a superação de problemas de seu continente. Em 1958, aos 28 anos, Chinua Achebe publicou seu primeiro e mais importante romance, O mundo se despedaça. Marco inicial da literatura moderna de seu país, o livro foi traduzido para mais de quarenta idiomas e vendeu milhões de exemplares em todo o mundo. Impulsionado pelo êxito internacional, Achebe publicou poemas, contos e crítica. Esta coletânea da vertente ensaística de sua longa carreira reúne textos apresentados em palestras, conferências e homenagens a outros escritores. Achebe passa em revista momentos decisivos de sua relação com a criação ficcional, a política e a cultura. Ele também discute livros de escritores ocidentais estreitamente ligados aos temas do colonialismo e da diáspora africana: Joseph Conrad, Richard Wright, James Baldwin, entre outros. A crítica do colonialismo europeu e a análise de suas catastróficas consequências perpassam todos os ensaios reunidos, sem contudo impregná-los de pessimismo. Ao contrário, o humanismo incondicional de Achebe aponta possíveis caminhos para a superação dos eternos problemas do continente africano.

GÊNERO
Não ficção
LANÇADO
2012
17 de janeiro
IDIOMA
PT
Português
TAMANHO
184
Páginas
EDITORA
Companhia das Letras
VENDEDOR
Bookwire Brazil Distribuicao de Livros Digitais LTDA.
TAMANHO
1,9
MB

Mais livros de Chinua Achebe