• R$ 24,90

Descrição da editora

Educação especial no Paraná: a coexistência do atendimento público e privado nos anos de 1970 e 1980 aborda um período em que o Brasil perpassou por um governo ditatorial, mas ao mesmo tempo estabeleceu uma política voltada às pessoas com deficiência. A obra procura desvelar como o dualismo da educação desses indivíduos, presente na contemporaneidade, foi sendo consolidado; para tanto, investiga a coexistência de atendimento em escolas públicas regulares e em escolas especiais privado/filantrópicas. Analisa, ainda, os fatores que influenciaram a constituição da política implantada nesse estado, em que as questões presentes na Educação Especial foram estabelecidas em conformidade com a forma de organização social que concebia como "deficiente" aquele que não correspondia ao padrão de homem pensado para o setor produtivo. Essa concepção formulou-se por diversos fatores construídos historicamente, tais como os conhecimentos e ações na área médica, que corroboraram para a formulação da abordagem clínica do processo de atendimento educacional; os preceitos teológicos, que contribuíram para a perpetuação de uma perspectiva de atendimento filantrópico; e, por fim, a expressão desses fatores nas normas estabelecidas pelo gestor. A configuração da educação desse segmento social mostra os enraizamentos conceituais oriundos de diferentes períodos históricos que adentram no processo de estrutura organizacional da educação dessas pessoas, o caráter do que se toma como "normalidade" e seu contrário, "anormalidade", gerando ações segregadoras, em uma proposta que tinha como objetivo a integração. Em uma leitura mais atenta é possível identificar avanços, mas também limites, na conjuntura em que a Educação Especial no Brasil se torna política pública de Estado.

GÊNERO
Profissional e técnico
LANÇADO
2018
1 Fevereiro
IDIOMA
PT
Português
TAMANHO
251
Páginas
EDITORA
Editora Appris
VENDEDOR
Bookwire Brazil Distribuicao de Livros Digitais LTDA.
TAMANHO
2.6
MB