• R$ 0,90

Descrição da editora

Este 'opúsculo' (como o próprio Maquiavel o chamou) escrito por um cortesão italiano da época renascentista, endereçado 'ao magnífico Lorenzo de Medici' (na época, o Duque de Urbino, em Florença), e publicado somente após a sua morte, acabou por ser reconhecido pela posteridade como um dos tratados políticos mais fundamentais elaborados pelo pensamento humano, e que teve um papel crucial na construção do conceito de Estado como o conhecemos na modernidade.

Trata-se, portanto, de leitura obrigatória para quem deseja compreender a essência das relações de poder humanas, particularmente as que ocorrem no campo político. Aliás, por tratar essencialmente de política, foi inevitável que esta obra desse ao autor a fama de ser 'maquiavélico' (como se vê, o próprio termo vem do seu sobrenome). Mas se tudo correr bem, após a leitura você também irá descobrir que Maquiavel não é assim tão mau. O que ele estava fazendo aqui foi simplesmente descrever 'as regras do jogo do poder', que já existiam muito antes dele ter nascido e ainda existirão por muito tempo, quem sabe durante toda a história humana – ao menos enquanto perdurar a competição e o egoísmo.

As regras maquiavélicas não são nem boas nem más em si mesmas, tudo o que elas fazem é descrever um processo. O que é bom ou mau é o uso que as pessoas que compreenderam tais regras fazem delas quando alcançam posições de poder. Se é verdade que essa obra é, portanto, uma poderosa ferramenta para galgar o poder, considere fazer uso dela com toda responsabilidade.

GÊNERO
Não ficção
LANÇADO
2020
16 de março
IDIOMA
PT
Português
TAMANHO
100
Páginas
EDITORA
Bibliomundi
VENDEDOR
Bibliomundi Servicos Digitais Ltda
TAMANHO
671,8
KB

Mais livros de Nicolau Maquiavel