• R$ 24,90

Descrição da editora

Numa madrugada de 1988, três estudantes de Évora e uma jovem de dezesseis anos saem para uma farra regada a muito álcool que terminaria em tragédia. Um dos rapazes é Filipe, último descendente da aldeia alentejana de Medronhais da Serra, hoje habitada por um único homem, seu avô, Tomaz da Burra.
O romance do português Miguel Sousa Tavares acompanha as vidas desta família desde a Revolução dos Cravos, que derrubou a ditadura de Salazar em abril de 1974, até os dias atuais. O pai de Filipe, Francisco, ficou viúvo muito cedo e sempre pareceu alheio ao que acontecia na aldeia. Mas, com as mudanças políticas, ele parece encontrar na reforma agrária uma razão para viver e decide se mudar para uma fazenda comunal, deixando o filho único para ser cuidado pelos avós.
Filipe cresce nesta Medronhais da Serra fora do tempo, um lugar que tinha pouco mais de cinquenta habitantes e demorou muito a ganhar o seu primeiro aparelho de televisão. Ele se torna arquiteto e vai trabalhar em uma cidade costeira do Alentejo, onde passa a conhecer cada vez mais de perto as sujeiras da corrupção política. Ao tentar não se envolver num esquema de fraudes e propinas, voltará a ser assombrado pela trágica noite que viveu na juventude.
Narrado em um ritmo vertiginoso, que faz o leitor agarrar-se ao livro até o fim, Madrugada suja alterna a voz de diferentes personagens a cada capítulo. Além de um retrato crítico e acurado sobre as mudanças em Portugal nos últimos quarenta anos, o escritor criou uma história fascinante sobre como os acasos da vida nos levam a situações-limite.

GÊNERO
Ficção e literatura
LANÇADO
2013
26 Setembro
IDIOMA
PT
Português
TAMANHO
352
Páginas
EDITORA
Companhia das Letras
VENDEDOR
Bookwire Brazil Distribuicao de Livros Digitais LTDA.
TAMANHO
1.4
MB

Avaliações de clientes

Princesence ,

Madrugada suja

Madrugada suja. Que livro maravilhoso!!!!! Tão bem escrito, tão envolvente. Eu já havia lido Equador e gostara muitíssimo. Mas Madrugada suja é superior: o drama, a humanidade dos personagens, o tratamento dado à política. O Miguel nos traz um Dom Quixote moderno de que estamos tão precisados. Recomendo. Vou procurar ler os outros livros do autor. Amo Portugal e, pelo visto, amo os autores portugueses desde Camões, Eça de Queiroz, Fernando Pessoa, Saramago. E agora, Miguel de livros tão apaixonantes.

Mais livros de Miguel Sousa Tavares