• R$ 27,90

Descrição da editora

Organizado pelo doutor em filosofia Antônio David, este livro reúne artigos e resenhas de difícil acesso escritos por Florestan Fernandes entre 1943 e 1991. Incluindo dois manuscritos inéditos, os textos desta coletânea têm como fio condutor a preocupação do autor de oferecer um quadro interpretativo do Brasil.



"Do sociólogo ao socialista, seria fácil ver uma ruptura no pensamento de Florestan Fernandes. Mas o que aqui se comprova é que as continuidades são também muito fortes. Na época em que Florestan liderou a institucionalização da Sociologia no Brasil, suas escolhas repousaram sobre os deserdados da terra, os indígenas, os negros, as crianças e a cultura popular. O Brasil de Florestan revela ainda uma tensão entre ciência e engajamento político. Os textos aqui tão bem selecionados transitam da crítica dos intérpretes do Brasil à realidade crua das malocas, aldeias, vilas e favelas. Não lhe faltam a revolta e a identificação com o sofrimento humano. Como certa vez disse Antonio Candido, o marxismo foi como um rio subterrâneo na obra de Florestan; sempre esteve lá, antes de aflorar e nos revelar o publicista revolucionário dos capítulos finais deste livro." (Lincoln Secco, professor de História Contemporânea da USP)

GÊNERO
Não ficção
LANÇADO
2018
20 Março
IDIOMA
PT
Português
TAMANHO
256
Páginas
EDITORA
Autêntica Editora
VENDEDOR
Bookwire Brazil Distribuicao de Livros Digitais LTDA.
TAMANHO
1.6
MB

Mais livros de Florestan Fernandes & Antonio David