Descrição da editora

Criado em Portugal, O piolho viajante atravessou o oceano e, entre 1808 e 1826, foi uma das obras mais lidas no Brasil. De tom satírico, o livro apresenta um piolho aventureiro que viaja por 72 "carapuças" tecendo comentários sobre todos nos quais pousa: um estudante, uma cigana, um filósofo, um poeta, um ladrão, um camponês, um vendedor, um juiz, uma lavadeira, um boticário, além de dezenas de outras cabeças. Ler esta obra é uma forma de voltar no tempo e viajar pelo Brasil nos primórdios do Império.

A história era tão popular que um dos pseudônimos usados por D. Pedro I para assinar seus textos jornalísticos era justamente este: Piolho Viajante. Essa curiosidade é contada no verbete "pseudônimo" do livro "Dicionário da Independência – 200 anos em 200 verbetes", de Eduardo Bueno. Aliás, foi para que os leitores pudessem conhecer uma obra que fazia a cabeça do pessoal na época de D. Pedro que a Editora Piu disponibilizou o e-book "O piolho viajante" gratuitamente.

GÊNERO
Juvenil
LANÇADO
2020
15 de setembro
IDIOMA
PT
Português
TAMANHO
436
Páginas
EDITORA
Editora Piu
VENDEDOR
Bookwire Brazil Distribuicao de Livros Digitais LTDA.
TAMANHO
1,7
MB