O Retrato de Dorian Gray O Retrato de Dorian Gray

O Retrato de Dorian Gray

    • 4,4 • 12 avaliações
    • R$ 1,90
    • R$ 1,90

Descrição da editora

O Retrato de Dorian Gray (no original em inglês, The Picture of Dorian Gray) é um romance publicado por Oscar Wilde, considerado um dos grandes escritores irlandeses do século XIX. 

Dorian Gray é um jovem que se envaidece de si mesmo, que se torna amante de si mesmo e da arte abstrata e pura, e que em seu nome de inanidades sociais, insensibiliza, diagnóstica e se auto-desculpa. Não há redenção naquele jovem, mesmo quando acaba por querer mudar de vida, já que o faz pelo fato novidade, pelo amor ao novo, à arte de viver... Cheia de ilustrações que ele já quase tinha esgotado numa vida sensaborona e sem interesse humano do que a vilanização do ser...

O romance, de forte cariz estético, conta a história fictícia de um homem jovem chamado Dorian Gray na Inglaterra aristocrática e hedonista do século XIX, que torna-se modelo para uma pintura do artista Basil Hallward. Dorian tornou-se não apenas modelo de Basil pela sua beleza física (um "Adônis que se diria feito de marfim e pétalas de rosa"), mas também tornou-se uma fonte de inspiração para outras obras e, implicitamente no texto, uma paixão platônica por parte do pintor. Mas o seu retrato, que Basil não quer expôr por ter colocado "muito de mim mesmo", foi sua grande obra-prima.

Lord Henry Wotton, um aristocrata cínico e hedonista típico da época e grande amigo de Basil, conhece Dorian e o seduz para sua visão de mundo, onde o único propósito que vale a pena ser perseguido é o da beleza e do prazer: "sou de parecer que se o homem vivesse plena e totalmente a sua vida, desse forma a todo sentimento, expressão a toda idéia, realidade a todo devaneio... creio que o mundo receberia um novo impulso eufórico,um impulso de alegria que nos faria esquecer todos os males do medievalismo e voltar aos ideais helênicos..."

No entanto, segundo Henry, a beleza é efêmera. Até mesmo a inteligência lhe é prejudicial: "a beleza, a verdadeira beleza, acaba onde principia a expressão inteligente", enquanto que "a beleza é uma forma de gênio... mais elevada que o gênio, pois dispensa explicação". Dorian foi seduzido pelas palavras de Henry e pela tristeza de seu destino: "o senhor dispõe só de alguns anos para viver deveras, perfeitamente, plenamente. Quando a mocidade passar, a sua beleza ir-se-á com ela; então o senhor descobrirá que já não o aguardam triunfos, ou que só lhe restam as vitórias medíocres que a recordação do passado tornará mais amargas que destroçadas."

  • GÊNERO
    Ficção e literatura
    LANÇADO
    2012
    6 de novembro
    IDIOMA
    PT
    Português
    PÁGINAS
    289
    EDITORA
    Montecristo Editora
    VENDEDOR
    Montecristo Publishing LLC
    TAMANHO
    803,7
    KB

    Mais livros de Oscar Wilde

    The Picture of Dorian Gray The Picture of Dorian Gray
    1889
    The Importance of Being Earnest The Importance of Being Earnest
    2010
    The Happy Prince and Other Tales The Happy Prince and Other Tales
    1888
    O retrato de Dorian Gray O retrato de Dorian Gray
    2013
    Selected Poems of Oscar Wilde Selected Poems of Oscar Wilde
    1900
    The Canterville Ghost The Canterville Ghost
    1944

    Outros clientes também compraram

    Razão e Sensibilidade Razão e Sensibilidade
    1980
    Os Miseráveis Os Miseráveis
    2017
    Orgulho e Preconceito Orgulho e Preconceito
    2016
    Os Irmãos Karamazov Os Irmãos Karamazov
    2014
    O Grande Gatsby O Grande Gatsby
    2016
    Crime e Castigo Crime e Castigo
    2018