• R$ 109,90

Descrição da editora

Introdução O livro que chega ás suas mãos, mais do que uma história espírita, resgata as palavras pronunciadas e escutadas durante a vida da pessoa observadora que estava lá no momento em que as palavras foram pronunciadas. O espírito que se apresentou com o título de “Concubina Perfumada, na tradução para o português ou Imperial Consort Rong” em inglês ou em chinês : 香妃 ; pinyin : Xiāng Fēi ; Uyghur : ئىپارخان / Iparxan / Ипархан tem seu registro de nascimento confirmado pelo espírito no ano de 11 de outubro de 1734 com morte em 24 de maio de 1788 (53 anos). Nur Ela Nurhan é o nome oficial da Concubina Perfumada que teria nascido na casa de Xojam e por casamento migrado para a casa Aisin Gioro. Ela era filha do governante do Yarkent Khanate. Viveu no início do século 17 no auge da difusão do Sufismo na China adequada . A Concubina Perfumada era a esposa de um líder desonesto que foi capturado pelas tropas do imperador Qianlong (quinto imperador manchu da Dinastia Qing, e o quarto imperador Qing da China. Quarto filho do imperador Yongzheng, ele reinou oficialmente a partir de 18 de outubro de 1735 até 9 de fevereiro de 1796, quando abdicou em favor de seu filho, Jiaqing). Nur Ela Nurhan ou Concubina Perfumada foi levada a Pequim para ser a concubina imperial do imperador. Recusando-se a servi-lo registra-se que ela foi forçada a cometer suicídio ou foi assassinada pela mãe do imperador. A lenda da Concubina Perfumada tornou-se intimamente associada à tumba de Kashgar no final do século 19, e a conexão foi estabelecida oficialmente e endossada por uma proliferação de sinais e visitas guiadas. Comprovação de existência da Concubina Perfumada Existe um mazar (mausoléu) que acomoda o corpo da Concubina Perfumada. Construído inicialmente em 1640 como o túmulo de Muhammad Yūsuf mestre Sufi que tinha chegado à Altishahr região (atual sul Xinjiang) no início do século 17 e, possivelmente, também estava ativo na difusão Sufismo na China adequada. Mais tarde, o filho e sucessor mais famoso de Muhammad Yūsuf, Afāq Khoja, também foi enterrado lá. O Mausoléu Afaq Khoja ( mazar ) localizado fora de Kashgar foi construído em 1640 e, abrange um complexo maior que inclui uma mesquita e uma madrasa em funcionamento, Ao todo, o mausoléu de azulejos contém os túmulos de cinco gerações da família Afāqi, fornecendo lugares de descanso para 72 de seus membros. O Mausoléu Afaq Khoja também é conhecido como o túmulo da Concubina Perfumada. Com certeza é o local de enterro de um dos descendentes de Afaq Khoja, Iparhan, que se acredita ser a lendária Concubina Perfumada. O local muçulmano local mais sagrado está localizado a cerca de 5 km a nordeste do centro de Kashgar , na vila de Haohan (Ay 村 ; Ayziret em Uyghur), que também é conhecido como Yaghdu. O santuário é fortemente frequentado por turistas. Foi visitado pelo transcritor das mensagens que constam deste livro em 2001. É isso que a pessoa leitora dessa obra vai encontrar nesse livro — Mensagens espíritas para espíritos encarnados― junto com o resgate dos aspectos culturais da época da vida Desejamos uma boa leitura.

GÊNERO
Saúde, mente e corpo
LANÇADO
2020
14 janeiro
IDIOMA
PT
Português
TAMANHO
193
Páginas
EDITORA
Clube de Autores
VENDEDOR
Ink it
TAMANHO
834.7
KB