• R$ 29,90

Descrição da editora

Depois do sucesso do romance Fim, Fernanda Torres lança coletânea de crônicas marcadas pelo humor e pelo tom confessional.

Desde 2007, Fernanda tem mantido assídua relação com a imprensa. Estreou na revista piauí, com "No Dorso Instável de um Tigre", um relato bem-humorado sobre o medo do ator ao entrar em cena. O texto fez sucesso na época e rendeu a Fernanda o convite para manter uma coluna quinzenal na Veja Rio, de onde saíram alguns textos presentes na coletânea, como "Dercy" e "A Dança da Morte".
Pouco depois, voltou a escrever para a piauí. Os perfis de Bráulio Mantovani e Hany Abu-Assad nasceram por encomenda da revista. O divertido texto sobre o filme Kuarup, que narra as agruras vividas durante os dois meses e meio de filmagem no meio da selva, também saiu na revista.
Em 2010, Fernanda iniciou colaboração com o caderno Poder da Folha de S.Paulo. Sua missão era escrever sobre as eleições para a presidência. Muitos dos textos sobre política incluídos em Sete anos tiveram origem nesse período. Depois das eleições, Fernanda passou a manter uma coluna mensal no caderno de cultura do mesmo jornal.
Mas há um texto inédito. É o pungente "Despedida", que trata da morte de seu pai. Por pudor, Fernanda preferira não publicá-lo à época, mas agora decidiu compartilhar a experiência dolorosa com seus leitores.
"As crônicas aqui reunidas foram escritas ao longo de sete anos e contam a história do meu noviciado", diz a autora na apresentação do livro. "Desenvolver uma ideia dentro de um espaço determinado de linhas, falar de temas de interesse comum sem abrir mão do tom pessoal e dar valor à concisão são algumas lições que tomei do jornalismo."

GÊNERO
Ficção e literatura
LANÇADO
2014
14 Outubro
IDIOMA
PT
Português
TAMANHO
192
Páginas
EDITORA
Companhia das Letras
VENDEDOR
Bookwire Brazil Distribuicao de Livros Digitais LTDA.
TAMANHO
2.2
MB

Mais livros de Fernanda Torres