Cirurgia Experimental

atividade da batata inglesa, batata doce, babaçu e juçara na prevenção e tratamento da úlcera péptica induzida em ratos

    • $3.900
    • $3.900

Descripción editorial

A úlcera péptica é um problema de saúde pública, associada à perda na qualidade de vida, produtividade e crescentes gastos no tratamento de complicações. Não existe terapia ideal. A busca de tratamentos alternativos, com uso de alimentos ou plantas que ajudem na proteção gástrica, tornam-se opção à população, por serem de fácil acesso e baixo custo. Estudou-se a atividade antiulcerogênica dos extratos de Solanum tuberosum (batata inglesa), Ipomoea batatas (batata doce), Orbignya phalerata (babaçu) e Euterpe edules (juçara), na prevenção e tratamento de úlcera péptica induzida com etanol em 14 grupos de 5 ratos wistar. Os resultados foram comparados a grupos controle do omeprazol e água destilada. Para estudar os efeitos preventivos dos extratos, os animais foram tratados durante 3 dias, com um dos extratos, omeprazol e água destilada por gavagem. A úlcera, induzida com etanol. No quinto dia, foram sacrificados para análise macro e microscópica do estômago. Para avaliação do efeito terapêutico, foi provocada úlcera com etanol e, a partir do segundo dia, tratados por gavagem diariamente durante 3 dias com um dos extratos, omeprazol ou água destilada. No quinto dia, os animais foram sacrificados, o estômago analisado macro e microscopicamente, na prevenção e tratamento da úlcera péptica. Teve-se evidência do poder terapêutico dos extratos. Os resultados encontrados estimulam futuros estudos fitoquímicos sobre isolamento e identificação dos princípios ativos dos extratos estudados.

GÉNERO
Técnicos y profesionales
PUBLICADO
2022
29 de marzo
IDIOMA
PT
Portugués
EXTENSIÓN
68
Páginas
EDITORIAL
Editora Dialética
VENTAS
Bookwire Brazil Distribuicao de Livros Digitais LTDA.
TAMAÑO
5.5
MB