• USD 5.99

Descripción editorial

Oito grandes reportagens sobre crimes da melhor revista jornalística do mundo
Fundada pelos jornalistas Harold Ross e Jane Grant em 1925, a New Yorker é uma instituição norte-americana. Desde a sua fundação, a New Yorker se destacou pelo espaço que dava para os novos talentos literários, a sensibilidade fina com que analisava as notícias contemporâneas, e o rigoroso processo de checagem de dados, que até hoje é reconhecido como um dos melhores da imprensa mundial. John Hersey, Hannah Arendt, Dorothy Parker, Philip Roth, J.D. Salinger, John Updike, John Cheever e Jonathan Safran Foer são alguns dos nomes da longa lista de autores consagrados que contribuíram com contos, ensaios críticos, ou reportagens.
Um trabalho, porém, é crucial para entender a gênese do livro Os piores crimes da revista New Yorker. Em 1965, quando Truman Capote iniciou a série de artigos na revista que viriam a se tornar o livro "A Sangue Frio", deu-se início a um novo gênero literário; o chamado "crime real", que nas décadas seguintes se consolidaria como um dos mais populares gêneros literários da nossa era.
O livro Os piores crimes da revista New Yorker é uma seleção dos melhores artigos publicados nas últimas décadas, tratando de crimes reais, suas consequências, e o que eles podem jogar de luz sobre nossos sistemas legais, nossa sociedade, e nossa humanidade.

GÉNERO
No ficción
PUBLICADO
2021
12 de mayo
IDIOMA
PT
Portugués
EXTENSIÓN
264
Páginas
EDITORIAL
Editora Rua do Sabão
VENTAS
Bookwire Brazil Distribuicao de Livros Digitais LTDA.
TAMAÑO
1.5
MB

Más libros de Malcolm Gladwell, Alec Wilkinson, Nicholas Schmidle, Toni Bentley, Rachel Aviv & Mavis Gallant