Beschreibung des Verlags

Guerras do Alecrim e da Manjerona, de Antônio José da Silva é uma Ópera Joco-Séria dividida em duas partes, representada no Teatro do Bairro Alto de Lisboa, no carnaval de 1737. A peça narra às peripécias de dois caça-dotes D. Fuas e D. Gilvas tentando conquistar o “amor” de duas irmãs ricas, dona Nize e dona Clóris, ambas participantes de ranchos carnavalescos rivais que tinham por insígnia a manjerona e o alecrim respectivamente. D. Fuas com o auxílio de seu Criado Semicúpio, por sua vez apaixonado por Sevadilha criada de dona Clóris e D. Gilvaz com a ajuda de Fagundes criada da casa, armam as maiores estratagemas para se aproximarem das moças e driblar os cuidados de D. Lancerote tio das moças que pretende casar uma delas com seu sobrinho D. Tibúrcio e enviar a outra para o convento. Tudo termina pelo casamento entre D. Fuas e dona Nize, D. Gilvas e dona Clóris e Semicúpio com Sevadilha contrariando os planos do tio das moças.

GENRE
Kultur und Unterhaltung
ERSCHIENEN
2013
29. Juni
SPRACHE
PT
Portugiesisch
UMFANG
62
Seiten
VERLAG
Public Domain
GRÖSSE
338.7
 kB

Mehr Bücher von António José da Silva