• USD 1.99

Descripción de editorial

O livro de Lucas Maia tem um objetivo claramente manifesto em seu conteúdo: demonstrar que a análise que Marx faz das classes sociais em O Capital não é nada simplista como muitas interpretações afirmam. Marx não elabora um modelo para discutir as classes sociais e depois o aplica à realidade. A sua concepção de classes sociais em nada se aproxima da ideologia da "estratificação social". Assim, a ideia de classe baixa, alta e média não está presente em seu pensamento. Também, a famosa distinção alfabética das classes sociais, ou seja, A, B, C, D, E etc. é, do ponto de vista da teoria marxista das classes sociais, algo completamente equivocado. Da mesma forma, a concepção leninista de classes sociais não é, em hipótese alguma, um aprofundamento da teoria de Marx, como alguns pensam. É, na verdade, um reducionismo economicista. Este livro refuta todas estas concepções. Diante disto, deve-se perguntar: como Marx aborda as classes em O Capital? Quantas classes ele identifica em sua análise do capitalismo do século 19? Será somente burguesia e proletariado? Há outras? Quais? Como ele concebe o relacionamento das classes umas com as outras? Como pensar uma teoria das classes sociais a partir das contribuições de Marx e alguns de seus continuadores? Tais questões são aqui abordadas e respondidas satisfatoriamente. Lucas Maia demonstra, a partir de um rigoroso estudo do texto de Marx, a extensão, complexidade e profundidade da teoria das classes sociais do revolucionário alemão.

GÉNERO
No ficción
PUBLICADO
2020
octubre 8
IDIOMA
PT
Portugués
EXTENSIÓN
71
Páginas
EDITORIAL
Edições Redelp
VENDEDOR
Bookwire Brazil Distribuicao de Livros Digitais LTDA.
TAMAÑO
4
MB

Más libros de Lucas Maia