• 7,49 €

Descrizione dell’editore

Jeremy Bentham, filósofo utilitarista inglês do século XVIII, descreve, em O Panóptico, o projeto de uma construção carcerária que se fundamentaria no "princípio da inspeção", segundo o qual o bom comportamento dos presos seria garantido se eles se sentissem continuamente observados. Para isso, Bentham previa a construção de dois edifícios circulares concêntricos: no edifício exterior ficariam as celas dos presos, construídas de forma a estarem constantemente abertas à vigilância de inspetores situados na torre central, localizada no círculo interior.



O Panóptico tornou-se, desde a análise que dele fez Foucault em Vigiar e punir, o paradigma dos sistemas sociais de controle e vigilância total. E ele não perdeu sua atualidade; ainda que apenas como metáfora, seu princípio continua plenamente ativo. As implicações do panóptico e as formas de controle social contidas nas novas tecnologias (internet, circuitos de vigilância, câmeras escondidas, celulares) renovam o interesse pelo tema do panopticismo. Daí a importância deste livro, que traz, além das cartas que constituem o principal texto de Jeremy Bentham sobre o projeto, três ensaios fundamentais: "A máquina panóptica de Jeremy Bentham", de Jacques-Alain Miller; "O inspetor Bentham", de Michelle Perrot; e "Potemkim e o Panóptico: Samuel Bentham e a arquitetura do absolutismo na Rússia do século XVIII", de Simon Werrett.

GENERE
Saggistica
PUBBLICATO
2019
20 marzo
LINGUA
PT
Portoghese
PAGINE
208
EDITORE
Autêntica Editora
DIMENSIONE
1.9
MB

Altri libri di Jeremy Bentham