Descrizione dell’editore

Deatento ao que sou e vejo, Torno-me eles e não eu. Cada meu sonho ou desejo. É do que nasce e não meu. Sou minha própria paisagem, Assisto à minha passagem, Diverso, móbil e só, Não sei sentir-me onde estou. Por isso, alheio, vou lendo Como páginas, meu ser O que segue não prevendo, O que passou a esquecer. Noto à margem do que li O que julguei que senti. Releio e digo: Deus sabe, porque o escreveu.

GENERE
Narrativa e letteratura
PUBBLICATO
2013
27 giugno
LINGUA
PT
Portoghese
PAGINE
41
EDITORE
Public Domain
DIMENSIONE
285.1
KB

Altri libri di Fernando Pessoa