• $119.00

Descripción de editorial

Por que investigar o processo de práticas de apropriação do conteúdo paradidático-publicitário, marcas constitutivas dos folhetos e livros do poeta Manoel Monteiro? Buscando compreender os conceitos de paradidático, publicidade, apropriação, estratégia, tática, função-autor e literatura de folhetos, Montenegro mergulhou nos estudos da História Cultural em Roger Chartier, explicitando, com clareza, o processo de práticas de apropriação do conteúdo paradidático-publicitário do famoso poeta pernambucano radicado na Paraíba.



Aqui enxergo Manoel Monteiro não apenas do seu lugar de poeta, mas, principalmente, do seu lugar de autor consagrado como referência em cordel, e não somente no estado da Paraíba, mas em muitos estados do território nacional. Os folhetos desse poeta estão, hoje, inaugurando uma diferente apropriação em páginas de livros, apresentando um teor paradidático e publicitário. A visibilidade do nome do autor nos meios midiáticos locais e regionais, assim como a presença de sua produção no âmbito educacional, despertou para a necessidade de um estudo de sua obra. Este livro foi motivado, portanto, pelo interesse em estudar a obra desse grande poeta.

GÉNERO
Técnicos y profesionales
PUBLICADO
2018
junio 12
LENGUAJE
PT
Portugués
EXTENSIÓN
187
Páginas
EDITORIAL
Editora Appris
VENDEDOR
Bookwire Brazil Distribuicao de Livros Digitais LTDA.
TAMAÑO
6.5
MB