Descripción de editorial

Neste livro, a autora discute as diferenças geográficas entre a Reserva Indígena de Dourados e os acampamentos-tekoha, territórios onde vivem os povos guarani e kaiowá, no município de Dourados/Mato Grosso do Sul. Segundo a autora, as diferenças geográficas não surgem apenas pelas feições materiais do espaço geográfico, mas, sobretudo, pelas diferenças sempre complexas presentes nos processos des-reterritorialização – a multiterritorialidade –, de construção e destruição de territórios, nas conexões e desconexões que perpassam as tramas étnico-identitárias, as narrativas, as memórias e as estratégias cotidianas de resistências que estão sendo construídas pelos Guarani e Kaiowá. Na reserva, as práticas socioespaciais são decorrentes, preponderantemente, do conjunto de ações impostas pelo Estado brasileiro por meio de seus projetos colonialistas, sobretudo a partir das décadas finais do século XIX. Os acampamentos-tekoha, no entanto, apresentam a tentativa de reconstrução e afirmação étnico-identitárias e de descolonização das práticas socioespaciais impostas pelo projeto civilizatório do Estado. O desafio deste livro centrou-se em repensar e imaginar não somente os povos indígenas na sociedade brasileira, mas contribuir para as múltiplas formas de imaginar o espaço na Geografia, que neste livro imaginamos a partir das cosmogeografias guarani e kaiowá.

GÉNERO
Ciencia y naturaleza
PUBLICADO
2018
abril 4
LENGUAJE
PT
Portugués
EXTENSIÓN
328
Páginas
EDITORIAL
Editora Unesp
VENDEDOR
Bookwire Brazil Distribuicao de Livros Digitais LTDA.
TAMAÑO
6.6
MB