• 5,99 €

Descrição da editora

Num lugarejo isolado da Andaluzia vive uma misteriosa mulher de nacionalidade francesa que começou a escrever umas memórias mais do que perigosas. É a história de um homem que em tempos amou em Beirute, e de um filho que lhe foi arrebatado em nome da traição. A mulher é a guardiã do segredo mais bem guardado pelo Kremlin: há décadas o KGB infiltrou um agente duplo em pleno coração do ocidente, um traidor que hoje se encontra à beira do poder absoluto. Só uma pessoa é capaz de pôr esta conspiração a nu: Gabriel Allon, o já lendário restaurador de arte e assassino que na atualidade exerce o cargo de diretor dos eficacíssimos serviços secretos israelitas. Já anteriormente Gabriel se vira obrigado a combater as sombrias forças da nova Rússia, com repercussões pessoais custosas. Desta feita, ele e os russos travarão um confronto final épico em que o destino do mundo que conhecemos está em causa. Gabriel vê-se empurrado para o meio da conspiração quando o seu ativo mais importante no seio dos serviços secretos russos é assassinado enquanto tentava desertar em Viena.
A procura da verdade levá-lo-á a recuar no tempo, até à maior traição do século xx para terminar nas margens do Potomac em Washington. A mil por hora, estranhamente belo e cheio de sentidos duplos e reviravoltas na ação, este livro é um verdadeiro golpe de mestre que demonstra mais uma vez que Daniel Silva é pura e simplesmente o melhor escritor de romances de espionagem dos nossos tempos.
Sobre o romance
"Outra joia para a deslumbrante coroa do mestre da literatura de espionagem…Desta feita, deparamo-nos inclusive com uma história de fundo mais elaborada do que o normal, tão convincente como o drama tenso que se desenrola lentamente para terminar num maravilhoso final."
Booklist
"Excelente… os leitores sentir-se-ão cativadostanto pela história como pelas intrigas assaz atuais com que Silva joga com delicadeza."
Publishers Weekly
"A outra mulher é desde já um clássico que consagra Daniel Silva como um dos melhores romancistas de espionagem que o género alguma vez conheceu."
CrimeReads
Sobre Casa de espiões
"Bem-vindos ao grande romance de espionagem do século XXI."
Juan Carlos Galindo, El País
"São perfeitas as descrições do califado do ISIS, da ameaça do terrorismo e deMarrocos como exportador de haxixe e jihadistas."
La Razón
Sobre A viúva negra
"Nos livros de Silva, e A viúva negra é o último exemplo, está a realidade do mundo conturbado em que vivemos. E muito espetáculo, que de vez em quando não calha nada mal."
Juan Carlos Galindo, El País

GÉNERO
Ficção e literatura
LANÇADO
2019
1 de março
IDIOMA
PT
Português
PÁGINAS
464
EDITORA
HarperCollins Ibérica S.A.
TAMANHO
2,1
MB

Mais livros de Daniel Silva