• 5,49 €

Descrição da editora

"A composição poética tanka, que é constituída por 31 sílabas distribuídas em cinco versos (5-7-5-7-7), surgiu no Japão, por volta do ano 710. Sua origem está no waka, forma que “cantava” trechos históricos e legendários da vida do povo nipônico, cujo desenvolvimento se deu pela diferenciação de temas, que deixaram de ser direcionados somente à corte.


O poeta que compõe o tanka deve atentar para a instantaneidade, como se estivesse com uma câmara fotográfica pronta para o disparo, pois a construção dele parte da visualização de paisagens.


Raimundo Gadelha, com sua vivência e sentimentos ocidentais, faz seus tankas nos contagiarem, cercados que estão de fotografias muito próximas de nossa cotidiana realidade.


Com o livro Um estreito chamado horizonte (1991, selo Escrituras), Gadelha foi o primeiro brasileiro a escrever tankas; além de ser o responsável por influenciar a produção desta arte em seu país. Agora ele nos brinda com este Aqui e além do horizonte (selo Escrituras).


Poeta sensível, visual e sinestésico, ele capta os elementos essenciais para seus tankas, ou seja, segue os padrões tradicionais, mantendo a métrica em 31 sílabas nos cinco versos. Adota também a tematização, voltando-se para a natureza - mar, chuva, montanha - de forma precisa, na essência, e relaciona, subjetivamente, as imagens a acontecimentos cotidianos, como alegria, tristeza, solidão, amor, saudade, nesse processo, infundindo o flash, um fiat lux epifânico que desvela a unicidade contida em sua visão poética do real.


Alguns de seus tankas são suaves como a leveza do vento; outros, duros como as rochas à beira do mar. O leitor ora se delicia com a delicadeza dos versos, ora vivencia expressões ásperas, mas carregadas de emoção, já que a poesia de Raimundo Gadelha é marcada por um fervor que, ao mesmo tempo, expõe a face terrífica do real. Seu constructo poético é feito de belas paisagens, numa combinação da ferocidade da natureza com a do homem, na qual o tempo instala a vulnerabilidade da vida. É a poética do silêncio, do dia, da noite, do sol, das cores, do amor, das lágrimas, das lembranças!


Em toda a sua obra, o poeta nos mostra a beleza em tom profundamente significativo, em conúbio com a natureza, com o momento, com o hic et nunc, em espaço de transcendência para o além da alma e do horizonte. Isso é tanka! Talvez esteja aí a explicação para o fato do tanka, embora milenar, ser, até hoje, atual, pois – em grandes poetas, como Raimundo Gadelha - a realidade à volta é retratada, e a subjetividade do homem, dotado de antenas, capta a essência da raça humana.


Sobre o autor:


Raimundo Gadelha - o escritor, poeta e fotógrafo é formado em Publicidade e Propaganda e também em Jornalismo, pela Universidade Federal do Pará. Fez especialização na Universidade de Sophia, em Tóquio, Japão. Sempre fotografando e escrevendo, viajou por cerca de 40 países, principalmente da Ásia e do Leste Europeu. De volta ao Brasil, foi editor da Aliança Cultural Brasil-Japão, por três anos. Em 1994 fundou a Escrituras Editora, que dirige até hoje. Em 2007 assumiu a direção da editora e livraria virtual Arte Paubrasil e em 2009 adquiriu os selos A Girafa e Girafinha, dando continuidade às publicações destes. Participa de eventos de literatura e poesia e há mais de vinte anos promove regularmente saraus e recitais, como a Quinta Poética, evento mensal na Casa das Rosas, em São Paulo. Sua obra literária abrange o romance, o conto, o teatro e a poesia, geralmente associada à fotografia. É autor de 18 livros, dentre eles Em algum lugar do horizonte (romance, 2000), também publicado na Grécia, no México e em Portugal, Dez íntimos fragmentos do indecifrável mistério (poesia, 2011) e Com essa eu não contava!, seu primeiro livro infantil, com ilustrações de Bruno Gomes. Foi, ainda, autor das letras dos discos de Música Popular Brasileira, Cristal (1984, em parceira com Cláudio Vespar) e Vencendo a tempestade (1978, em parceria com Beka Guimarães)."

GÉNERO
Ficção e literatura
LANÇADO
2015
17/Dezembro
IDIOMA
PT
Português
PÁGINAS
18
EDITORA
Escrituras
TAMANHO
34.3
MB

Mais livros de Raimundo Gadelha