• 4,99 €

Descrição da editora

Em 325 d.C., na Ásia Menor, o imperador romano Constantino convocou o Concílio de Niceia para legitimar a divindade de Jesus por votação entre bispos. Este é o fio central da narrativa de Marinho Piacentini, que proporciona ao leitor um romance entremeado de paixões e crimes na busca de responder à polêmica questão: Como o cristianismo foi criado? Com escrita direta, fluida e cativante, o autor transpõe para a ficção personagens e fatos reais, oferecendo um romance que, baseado em intensas pesquisas arqueológicas, questiona a versão judaico-cristã da origem da humanidade. Temos assim, um irônico mundo de acontecimentos para nos atrever a pôr em dúvida a piedosa história oficial do cristianismo.



Marinho Piacentini nasceu em Lins (SP) em 1944. Estudou na Universidade Católica (São Paulo), na Michigan State University (EUA), na Rajneesh Multiversity (Índia) e no Grotowski Theatre Laboratorium de Marseille (França). Como professor, lecionou na USP, na Unicamp e na Universidade de Colima (México). Escreveu treze peças teatrais e, como diretor, recebeu diversos prêmios nacionais e internacionais. Além desta obra, é autor de quatro outras; Cavalo de Baco, seu romance de estreia, recebeu o prêmio da Biblioteca Internacional de Inéditos da Língua Portuguesa. Já publicou mais de cinquenta contos, postados em seu blog pessoal. Engenheiro civil, também atuou em outras áreas, como astrologia, arqueologia, teologia, equinocultura, canicultura e shin shiatsu. Viveu na Índia, nos Estados Unidos e no México. Desde 1997, vive em um sítio na cidade de Araçariguama (SP).

GÉNERO
Romance
LANÇADO
2019
9 de setembro
IDIOMA
PT
Português
PÁGINAS
144
EDITORA
Editora Labrador
TAMANHO
13,1
MB

Mais livros de Marinho Piacentini

2021