Funções e limites da iconografia. Sobre a moldura e a sua transgressão Funções e limites da iconografia. Sobre a moldura e a sua transgressão

Funções e limites da iconografia. Sobre a moldura e a sua transgressão

    • 2,49 €
    • 2,49 €

Descrição da editora

A definição albertiana do bordo como elemento prévio a toda a pintura é indissociável da determinação do olhar do espectador, o qual por sua vez determina a construção regular das proporções internas à representação. A perspectiva é tanto o dispositivo teórico como o artifício visual que fixa o lugar do «ponto central» do olhar para conduzir a istoria e a a acção narrativa. Assim, com a moldura e a construção em perspectiva, Alberti inventa simultaneamente o quadro e o espectador. Mas a novidade que a «janela aberta sobre a istoria» instaura, com os seus bordos e efeitos, autoriza também a sua própria transgressão. A autonomia da composição albertiniana, não se confina apenas à representação interna da narrativa mas sim a uma experiência corporal e sensível que solicita um espectador directamente implicado na imagem que vê e o observa.

Muito para além da iconografia tradicional, Arasse propõe uma indagação concreta sobre os dispositivos visuais e narrativos da pintura do Renascimento.

Partindo de uma crítica da iconologia, que sintetiza a experiência visual numa significação genérica, o autor promove uma pesquisa sobre detalhes e aspectos marginais das representações picturais. O tema da Anunciação não se constitui apenas como um significado transcendental, mas como uma narrativa que exige o seu próprio enquadramento e os seus próprios efeitos de interpelação. A transgressão do quadro é, sobretudo, um «trabalho visual» onde cada obra opera e exige a sua própria experiência e interpretação.

GÉNERO
Artes e entretenimento
LANÇADO
2015
1 de maio
IDIOMA
PT
Português
PÁGINAS
24
EDITORA
KKYM+IHA
TAMANHO
547,5
KB

Mais livros de Daniel Arasse

Le détail. Pour une histoire rapprochée de la peinture Le détail. Pour une histoire rapprochée de la peinture
2024
On n'y voit rien On n'y voit rien
2023
L'Ambition de Vermeer L'Ambition de Vermeer
2016
Symboles de la Renaissance. Tome III Symboles de la Renaissance. Tome III
2013
Symboles de la Renaissance. Tome I Symboles de la Renaissance. Tome I
2012
Take a Closer Look Take a Closer Look
2013