O Vegetarismo e a Moralidade das raças

Descrição da editora

Lhe tiram as entranhas ainda palpitantes, para as consultarem e lerem n'elas os segredos dos deuses. Dizei-me, homens insaciáveis, d'onde vem esta avidez que só póde fartar-se em carnes proìbidas. Deixai tão criminoso uso. Segui os conselhos que vos dou. Sabei que, quando comeis a carne do boi que acabais de degolar, comeis aquele que vos lavrou o campo. Pois que é um deus que me inspira, só falo segundo a sua vontade.

GÉNERO
Não ficção
LANÇADO
1936
1 de janeiro
IDIOMA
PT
Português
PÁGINAS
49
EDITORA
Public Domain
TAMANHO
41,7
KB

Mais livros de Jaime de Magalhães Lima

1848
1936
1936
1936
2015
2015

Outros também compraram

1910
1930
2013
1891
2012
2012