Descrição da editora

O arabesco fantástico do fumo. Do meu cigarro traça o que disseste, A azul, no ar; e o que me escreveste, E tudo o que sonhaste e eu presumo. Para a minha alma estática e sem rumo, A lembrança de tudo o que me deste Passa como o navio que perdeste, No arabesco fantástico do fumo. Em atitudes e em ritmos fleumáticos, Erguendo as mãos em gestos recolhidos, Todos os brocados fúlgidos, hieráticos, Em ti andam bailando os meus sentidos.

GÉNERO
Ficção e literatura
LANÇADO
2013
27/Junho
IDIOMA
PT
Português
TAMANHO
13
Páginas
EDITORA
Public Domain
TAMANHO
137.9
KB

Mais livros de Florbela Espanca